Muitas palavras na língua portuguesa são escritas de forma semelhante, o que já cria muitos problemas. Somado a isso, tem muitas palavras que são pronunciadas com certos sons e, na hora de escrever, ficamos na dúvida da maneira correta de transcrever o som. Isso acontece muito com palavras que tem a letra E e o som de I na hora de pronunciar.

Um dos casos famosos é entre as palavras DESCRIMINAR e DISCRIMINAR. Mas será que uma delas é certa e a outra é errada ou existem diferenças entre essas palavras?

Descriminado ou Discriminado?

Antes de você interpretar alguma coisa, ambas as palavras estão corretas e existem na língua portuguesa. Pensamos que uma está certa e outra está errada justamente pela escrita do som do E como I, o que pode ser um erro em muitos casos, mas não é o que ocorre com essas palavras.

Descriminar é o ato de provar que não há um crime que foi cometido ou que esteja sendo cometido. Em outras palavras, é o ato de inocentar alguém. Quer dizer não criminar um sujeito ou retirar o crime sobre um. Por exemplo:

Vamos descriminar o uso da cannabis para fins medicinais.

É um uso correto da palavra descriminar. Descriminalizar e descriminalização dão palavras também usadas usando a mesma base, e são muito usadas no âmbito jurídico.

Descriminar ou discriminar

O português tem algumas curiosidades linguísticas. Tanto discriminar quanto descriminar estão corretas, só é preciso entender o significado de cada uma. (Foto: flagpolefarm.com)

Discriminar é o mesmo que diferenciar ou distinguir coisas, pessoas, objetos, etc. Também pode ser usado para significar segregar, marginalizar ou separar algo ou alguém por conta de suas diferenças. Um exemplo de uso:

Discriminar alguém pela sua raça é crime.

Nesse caso, a discriminação é usada no contexto de segregação, separação. É um termo jurídico muito comum.

Outro uso comum é no sentido de especificação de coisas com detalhes:

Você deve descriminar os produtos em uma nota fiscal.

Nesse caso, discriminar significa explicitar, detalhar os produtos na nota fiscal corretamente.

Prefixo DIS e Prefixo DES: significado

O prefixo DES usado antes de uma palavra quer dizer uma ação contrária ao que a palavra significando. No caso de nosso exemplo, a palavra CRIMINAR, verbo que significa acusar ou associar crime a alguém, vem com o prefixo DES. O significa de DESCRIMINAR, então, se torna a não criminalização, ou seja, inocentar ou absolver de crime.

O prefixo DIS tem o mesmo significado que o prefixo DES. A diferença entre eles é que o prefixo DES se junta à palavras de origem portuguesa, enquanto o prefixo DIS se junta a palavras de origem latina. DIS também pode significar dualidade ou dificuldade em alguns contextos, sendo, nesse caso, um prefixo de origem grega.

Como saber qual palavra usar?

O procedimento mais apropriado para saber qual palavra usar e melhorar suas habilidades de escrita é prestar atenção ao contexto em que a palavra está inserida. Para isso, é preciso a leitura do parágrafo, como um todo, e das frases mais próximas. Se pergunte se a pessoa está falando sobre a descriminação, ou seja, a “retirada” de crimes, ou a discriminação, no sentido de segregar, separar, ou detalhar.

E se você ainda ficar com alguma dúvida, venha nos comentários abaixo e pergunte, pois iremos responder e ajudar com todo prazer.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)