Se eu pudesse lhe dizer apenas uma razão pela qual o contexto importa, seria o relacionamento criado entre o escritor e o leitor. Esteja você escrevendo ficção ou não, o contexto é uma ferramenta prática que o ajudará a criar significado, confiança e interesse para o leitor. Há um ditado que diz que o conteúdo é rei, mas o contexto é Deus.

O que significa contexto?

A palavra “contexto” tem uma definição bastante ampla e abstrata. O contexto geralmente é definido como as partes de um discurso que envolvem uma palavra ou passagem e pode lançar luz sobre seu significado.

É abstrato porque esta definição implica que “contexto” pode ser qualquer coisa que forneça significado. Pode assumir qualquer forma, desde que esclareça o que você está tentando dizer.

O contexto adiciona especificidade à sua escrita e direciona a atenção do leitor para uma linha de pensamento específica. Evitando, assim, até certo ponto, interpretações indesejadas.

O contexto é importante, mas muito atrapalha sua mensagem à medida que você discorda e muito pouco dificulta sua escrita para o leitor entender. Moderação é a chave. Você precisa encontrar o equilíbrio certo de informações necessárias para tornar sua leitura agradável.

Conceito de contexto

Na escrita, o contexto pode ser qualquer coisa. Detalhes sobre você ou um personagem, a história de fundo, um traço de personalidade, um ambiente, uma situação que muda a vida, uma situação trivial, uma memória, uma anedota, algo simples como o seu dia está se desenrolando, etc.

Pode ser algo que preenche a lacuna entre você e o leitor. Qualquer coisa que possa potencialmente elevar suas emoções ou fazê-las investir em sua escrita.

Você pode explicar uma luta para aprender uma segunda língua. Uma luta que muitas pessoas compartilham e com a qual muitas pessoas se relacionam, especialmente falantes não nativos da língua. Como o leitor entende de onde você vem, eles estarão mais dispostos a ouvir. Pode não ser o único motivo da popularidade de um texto, mas pode conectar sua escrita com os leitores de uma maneira que seria impossível sem o contexto de antecedentes e lutas.

O contexto deve criar um relacionamento entre você e o leitor. Um relacionamento baseado em confiança. Se o leitor confiar em você e acreditar que você é genuíno quando estiver se tornando vulnerável, ele desejará ler sua escrita e investir tempo em você.

O mesmo se aplica à escrita de ficção. Se você é capaz de criar personagens atraentes e reportáveis, o leitor gosta de investir tempo neles.

Definição de contexto

O contexto é o cenário onde as coisas estão inseridas e a partir dele é que podemos partir para a compreensão. (Foto: Executive Leadership Consulting)

Contexto é informação

O contexto cria significado, fornecendo informações precisas e úteis. Informações que podem levar adiante uma história ou facilitar seu entendimento.

Você pode, por exemplo, tentar explicar a diferença entre solidão e solitude de uma história. Ambas as palavras são compostas em uma mesma base. Mas colocar o contexto em torno de cada palavra e explicar o que você quer dizer faz mais sentido. Então você pode dizer algo como solidão é o fato de estar sozinho e a solitude é a tristeza experimentada na solidão.

Em qualquer tradução, seja de um idioma para outro idioma ou da experiência para um idioma, nem tudo pode ser traduzido. Às vezes, simplesmente não há palavra. Outras vezes, você precisa de uma frase inteira para descrever no que tem experiência.

Nem toda linguagem transmite significado da mesma maneira. E nem toda experiência pode ser explicada através de uma palavra específica. Por exemplo, em alemão, “schadenfreude” significa “prazer derivado do infortúnio de outros”. Ou “jayus” em indonésio significa “uma piada é mal contada e tão sem graça que uma vez não pode deixar de rir”. Ou “flâner” em francês, que significa “passear sem qualquer objetivo ou destino”.

É por isso que precisamos contextualizar algumas palavras, explicando seu significado, em vez de tentar encontrar uma palavra que transmita o mesmo significado. Isso ajuda a preencher a lacuna entre o que você experimentou e o que está tentando dizer.

Em outras palavras, adicionar contexto ajuda a transmitir o significado de uma experiência que não pode ser explicada diretamente por uma única palavra.

Auto-consciência e criatividade

O contexto não é importante apenas para o significado. Também pode ajudar a criar autoconsciência, criatividade e aprendizado.

O que mais gostamos na leitura não é apenas o curto intervalo da realidade, mas também o quanto ela gera criatividade.

As histórias mais poderosas são as que podemos relatar. Aqueles em que a experiência do escritor combina a experiência do leitor com histórias que nos permitem dizer algo na linha de “Este sou eu” ou “Eu sei do que ele está falando”.

Essas situações nos deixam mais curiosos e investem em seus escritos. Isso nos ajuda a entender melhor a nós mesmos, acionando conexões e memórias que não teríamos pensado de outra maneira.

No final, isso nos torna mais inclinados a tornar o conhecimento deles próprios, aprender mais rápido e ser mais criativo.

O contexto é importante porque ajuda você a se conectar e criar um relacionamento com o leitor. Ajuda você a comunicar seu ponto de vista claramente, facilitando a compreensão. Permite que você e outras pessoas sejam mais criativas.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)