O predicado é uma parte integrante na construção de sentenças e frases com sentido na língua portuguesa. Entender sua função e seu uso correto vai contribuir para uma escrita mais apropriada, e uma compreensão melhor dos elementos gramaticais da língua portuguesa. Vamos explicar então o que é o predicado, mais especificamente o predicado verbal.

O que é um predicado?

Uma frase com apenas um sujeito não faz sentido, mas com o predicado anexo, a sentença se torna completa. Um predicado faz uma das duas partes mais importantes da sentença, a outra sendo o sujeito. O predicado improvisa o sujeito de uma sentença ou faz tentativas de descrevê-lo, tornando a sentença sensata. Em outras palavras, o predicado é responsável por dar sentido a uma frase, tornando-a completa.

Tipos de Predicados

Existem quatro tipos básicos de predicados e estes podem ser classificados com base na estrutura e nas características morfológicas do predicado.

Classificação estrutural:

  • Predicado simples – mais classificado em predicado verbal simples e predicado nominal simples.
  • Predicado composto – adicionalmente classificado em predicado verbal composto e predicado nominal composto.
  • Classificação morfológica:
  • Predicado verbal – dividido ainda em predicado verbal verbal e composto simples.
  • Predicado nominal – dividido em predicado simples nominal e composto nominal.

O que é predicado verbal?

Predicado verbal é dividido em predicado verbal simples e predicado verbal composto. O predicado verbal simples ocorre em uma frase em que o predicado consiste em apenas uma palavra.

Por exemplo:

  • Corredores correm.
  • Cachorros latem.

O predicado verbal simples mostra uma atividade executada pelo objeto. Sua expressa pela forma finita do verbo no tempo necessário, humor, aspecto e voz. Também pode ser expresso por um conjunto de expressões (frase). Por exemplo:

  • Estamos lendo livros em inglês.
  • Ele presta muita atenção à sua gramática.
Predicados nas sentenças

Os predicados fazem parte da língua, e são importantes na construção de frases com sentido. (Foto: Fluent in 3 months)

Os predicados verbais compostos, quando ocorrem em uma sentença, são compostos de mais de uma palavra e tem modalidades marcadas ou descrevem um evento em particular.

Por exemplo:

  • João e Maria almoçaram juntos.

O predicado verbal composto consiste em duas partes: a parte semi-auxiliar e a parte nocional. A parte nocional nomeia uma ação ou um processo e é principalmente expressa por um infinitivo ou um gerúndio. A parte semi-auxiliar expressa diferentes categorias gramaticais (tempo, humor, aspecto, etc.).

O predicado simples é um verbo em algum tempo, voz, pessoa, número e humor.

  • Eu estive esperando por você por duas horas.

A parte nominal do predicado é o predicativo.

Predicado verbal nas sentenças e exemplos

Resumindo, o predicado verbal irá indicar uma ação. Ele é constituído por um núcleo que é um verbo nocional, indicando uma ação. Por exemplo:

  • Nós corremos muito ontem. – Núcleo: corremos
  • Voltei ontem de viagem. – Núcleo: voltei
  • O paciente perdeu o atestado. – Núcleo: perdeu

Um predicado é tido como verbal quando seu núcleo tem um verbo que indica ação, ou seja, um verbo significativo. Este verbo pode ser transitivo direto, transitivo indireto, transitivo direto e indireto e intransitivo.

Esperamos que não tenha ficado qualquer dúvida sobre o predicado verbal. Caso você ainda tenha alguma pergunta, nosso espaço de comentários abaixo está aberto para sua participação com perguntas, sugestões, críticas e elogios. Sua participação contribui para que nosso blog cresça ainda mais e possa trazer mais conhecimento para quem precisa. Aguardamos vocês!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)