O que é um artigo científico? Um artigo de pesquisa é uma peça de redação acadêmica baseada na pesquisa original do autor sobre um tópico específico e na análise e interpretação dos resultados da pesquisa. Pode ser um trabalho de conclusão de curso, uma dissertação de mestrado ou uma tese de doutorado.

Este artigo descreve os passos lógicos para escrever um bom artigo. Para alcançar a suprema excelência ou perfeição em qualquer coisa que você faça, você precisa mais do que apenas o conhecimento. Como o atleta olímpico que busca a medalha de ouro, você deve ter uma atitude positiva e a crença de que tem a capacidade de alcançá-la. Esse é o verdadeiro começo para escrever um artigo científico de excelente qualidade.

Passo 1: Como começar a escrever um artigo científico?

Escolha um tópico que interessa e desafia você. Sua atitude em relação ao tópico pode determinar a quantidade de esforço e entusiasmo que você coloca em sua pesquisa.

Concentre-se em um aspecto limitado, por ex. reduza-o de “religião” para “religião mundial” e “budismo”. Obtenha a aprovação do professor para o seu tópico antes de iniciar uma pesquisa em grande escala. Se você não tiver certeza do que se espera de você ao completar a tarefa ou projeto, leia a folha de tarefas cuidadosamente ou pergunte seu professor.

Selecione um assunto que você pode gerenciar. Evite assuntos que sejam muito técnicos, aprendidos ou especializados. Evite tópicos que tenham apenas um intervalo muito restrito de materiais de origem.

Passo 2: Encontre informações para montar seu artigo científico

Navegue na internet.

Para informações gerais ou de fundo, confira URLs úteis, informações gerais online, almanaques ou enciclopédias online, como a Wikipedia. Use os mecanismos de pesquisa e outras ferramentas de pesquisa como ponto de partida.

Preste atenção às extensões de nome de domínio, por exemplo, .edu (instituição educacional), .gov (governo) ou .org (organização sem fins lucrativos). Esses sites representam instituições e tendem a ser mais confiáveis, mas devem estar atentos a possíveis tendências políticas em alguns sites de governo. Seja seletivo de sites .com (comerciais). Muitos sites .com são excelentes; no entanto, um grande número deles contém anúncios de produtos e nada mais. Desconfie de milhões de páginas pessoais na Internet. A qualidade dessas páginas pessoais varia muito. Aprender a avaliar criticamente os sites e pesquisar de maneira eficaz na Internet pode ajudar a eliminar sites irrelevantes e desperdiçar menos tempo.

A recente chegada de uma variedade de extensões de nome de domínio, como .biz (empresas comerciais), .pro, .info (informações sobre produtos/organizações), .name, .ws (WebSite), .cc (Ilhas Cocos) ou .sh (Santa Helena) ou .tv (Tuvalu) podem criar alguma confusão, pois você não seria capaz de dizer se um site .cc ou .sh ou .tv é, na realidade, um .com, um .edu, um .gov, um .net ou um site .org. Muitas das novas extensões não tem restrições de registro e estão disponíveis para qualquer pessoa que deseje registrar um nome de domínio distinto que ainda não tenha sido obtido. Por exemplo, se o Books.com não estiver disponível, você pode se registrar como Books.ws ou Books.info por meio de um agente de serviço como Register.com.

Para encontrar livros em sua área, use livrarias online e o portal de periódicos da CAPES. O Google Scholar é também uma ótima ferramenta, assim como enciclopédias online. Busque em bibliotecas públicas internacionais, materiais de referência online como bancos de dados. Jornais e revistas em sua área de pesquisa pode ajudar.

Confira bibliotecas públicas e universitárias, empresas, agências governamentais e entre em contato com pessoas capacitadas em sua comunidade.

Leia e avalie. Favorite seus sites da Internet preferidos. Imprima, fotocopie e faça anotações de informações relevantes.

Ao coletar seus recursos, anote informações bibliográficas completas (autor, título, local de publicação, editora, data de publicação, números de página, URLs, datas de criação ou modificação em páginas da Web e sua data de acesso) em sua planilha, imprima ou insira as informações em seu laptop ou computador de mesa para recuperação posterior. Se imprimir a partir da Internet, é aconselhável configurar o navegador para imprimir a URL e a data de acesso para cada página. Lembre-se que um artigo sem informação bibliográfica é inútil, já que você não pode citar sua fonte.

Passo 3: Faça sua tese para produzir um artigo

A maioria dos trabalhos de pesquisa normalmente exige uma  tese. Se você não tiver certeza, pergunte ao seu professor se o seu trabalho exige isso.

Uma declaração de tese é uma ideia principal, um ponto central do seu trabalho de pesquisa. Os argumentos que você fornece em seu artigo devem se basear nessa ideia central, por isso é tão importante. Faça algum pensamento crítico e escreva sua declaração de tese em uma frase. Sua tese de trabalho de pesquisa é como uma declaração de sua crença. A parte principal do seu ensaio consistirá em argumentos para apoiar e defender essa crença.

Uma declaração de tese deve ser fornecida no início de seu trabalho na parte de introdução ou no segundo parágrafo, se o seu trabalho for mais longo.

É impossível criar uma declaração de tese imediatamente quando você acabou de começar a cumprir sua tarefa. Antes de escrever uma declaração de tese, você deve coletar, organizar e analisar materiais e suas idéias. Você não pode fazer uma declaração finalmente formulada antes de ter preenchido sua ficha de pesquisa. Isso irá mudar naturalmente enquanto você desenvolve suas idéias.

Fique longe de declarações e argumentos genéricos e muito confusos. Use um assunto específico. O trabalho deve apresentar algo novo para o público para torná-lo interessante e educativo para ler.

Evite citar outros autores nesta seção. Apresente suas próprias idéias com suas próprias palavras, em vez de simplesmente copiar de outros escritores.

Uma declaração de tese deve fazer o seguinte:

  • Explicar aos leitores como você interpreta o assunto da pesquisa
  • Dizer aos leitores o que esperar do seu trabalho
  • Responder a pergunta que lhe foi feita
  • Apresentar sua reivindicação que outras pessoas podem querer contestar
  • Certificar-se de que sua tese é forte.

Se você tiver tempo e oportunidade, mostre ao seu instrutor para revisar. Caso contrário, você pode estimar você mesmo. Você deve checar:

  • Minha declaração responde à pergunta da minha tarefa?
  • Minha posição pode ser contestada ou oposta? Se não, talvez você tenha acabado de fornecer um resumo em vez de criar um argumento.
  • Minha declaração é suficientemente precisa? Não deve ser muito geral e vaga.
  • Ela passa no chamado teste “e daí?” Fornece informações novas / interessantes ao seu público ou simplesmente declara um fato genérico?
  • O corpo do meu manuscrito apoia minha tese, ou são coisas diferentes? Compare-os e troque se necessário. Lembre-se de que mudar os elementos do seu trabalho no processo de redação e revisão é normal.

Uma tese bem preparada significa idéias bem formadas. Aumenta a credibilidade do papel e deixa boa impressão sobre seu autor.

Artigo científico

Escrever um artigo científico fica mais fácil quando se seguem as etapas necessárias para uma boa qualidade de produção. (Foto: www.uib.no)

Passo 4: Faça um esboço do seu artigo científico

Um trabalho de pesquisa tem basicamente a seguinte estrutura:

  1. Página de título (incluindo o título, o nome do autor, o nome de uma universidade ou faculdae e a data de publicação)
  2. Resumo (breve resumo do trabalho – 250 palavras ou menos)
  3. Introdução (informações básicas sobre o tópico ou um breve comentário sobre o assunto – até 2 páginas)
  4. Corpo do manuscrito, que pode ser dividido em outras seções, dependendo da natureza da pesquisa:
  5. Materiais e métodos
  6. Resultados (quais são os resultados obtidos)
  7. Discussão e Conclusão etc.
  8. Referências
  9. Tabelas, figuras e apêndice (opcional)

Um esboço pode ser formal ou informal.Um esboço informal (rascunho) é uma ferramenta que ajuda um autor a colocar e organizar suas idéias. Está sujeito a revisão, adição e cancelamento, sem prestar muita atenção à forma. Ajuda um autor a esclarecer seus pontos-chave e a organizá-los.

Às vezes, os alunos são convidados a enviar esboços formais com seus trabalhos de pesquisa.

Em um esquema formal, números e letras são usados ​​para organizar tópicos e sub-tópicos. As letras e números do mesmo tipo devem ser colocados diretamente um sob o outro. Os tópicos indicados por seus títulos e subtítulos devem ser agrupados em uma ordem lógica.

Todos os pontos de um esboço de papel de pesquisa devem se relacionar ao mesmo tópico principal que você mencionou pela primeira vez em seu capital numeral romano.

Exemplo de um esboço:

I. INTRODUÇÃO – (Breve comentário que leva ao assunto – Declaração de tese sobre Shakespeare)
II. CORPO – O início da vida de Shakespeare, casamento, obras, anos posteriores
A. Início da vida em Stratford
1. Família de Shakespeare
a. Pai de Shakespeare
b. Mãe de Shakespeare
2. O casamento de Shakespeare
a. A vida de Anne Hathaway
b. Referência em Poemas de Shakespeare
B. obras de Shakespeare
1. Peças
a. Tragédias
i. Hamlet
ii. Romeu e Julieta
b. Comédias
i. A tempestade
ii. Muito barulho por nada
c. Histórias
i. Rei joão
ii. Ricardo III
iii. Henry VIII
2. Sonetos
3. Outros poemas
C. Anos posteriores de Shakespeare
1. Últimas duas peças
2. Aposentado em Stratford
a. Morte
b. Enterro
iu. Epitáfio em sua lápide
III CONCLUSÃO
A. Resumo analítico
1. O início da vida de Shakespeare
2. Obras de Shakespeare
3. Anos posteriores de Shakespeare
B. Tese reformulada
C. Declaração conclusiva

O objetivo de um esboço é ajudá-lo a pensar cuidadosamente em seu tópico e organizá-lo logicamente antes de começar a escrever. Um bom esboço é o passo mais importante para escrever um bom artigo. Verifique seu contorno para se certificar de que os pontos cobertos fluem logicamente de um para o outro. Inclua em seu esboço uma INTRODUÇÃO, um CORPO e uma CONCLUSÃO. Faça o primeiro esboço tentativo.

INTRODUÇÃO

Afirme claramente a sua tese e o objetivo do seu trabalho de pesquisa. Qual é a principal razão pela qual você está escrevendo o artigo? Diga também como você pretende abordar seu tópico. Este é um relatório factual, uma resenha do livro, uma comparação ou uma análise de um problema? Explique brevemente os principais pontos que você pretende abordar em seu artigo e por que os leitores devem se interessar por seu tópico.

CORPO

É aqui que você apresenta seus argumentos para apoiar sua declaração de tese. Lembre-se da Regra de 3, ou seja, encontre 3 argumentos de apoio para cada posição que você tomar. Comece com um argumento forte, depois use um argumento mais forte e termine com o argumento mais forte para o seu ponto final.

CONCLUSÃO

Reafirme ou reformule sua tese. Resuma seus argumentos. Explique por que você chegou a essa conclusão em particular.

Passo 5: Organize suas notas para seu artigo científico

Organize todas as informações que você reuniu de acordo com o seu esquema. Analise criticamente seus dados de pesquisa. Usando as melhores fontes disponíveis, verifique a precisão e verifique se as informações são factuais, atualizadas e corretas. Pontos de vista opostos também devem ser observados se ajudarem a apoiar sua tese. Esta é a etapa mais importante na redação de um trabalho de pesquisa. Aqui você analisará, sintetizará, classificará e digerirá as informações coletadas e, espera-se, aprenderá algo sobre o assunto, que é o verdadeiro propósito de fazer um trabalho de pesquisa em primeiro lugar. Você também deve ser capaz de comunicar efetivamente seus pensamentos, idéias, descobertas e descobertas de pesquisas a outras pessoas por meio de palavras escritas como em um relatório, ensaio, pesquisa ou termo, ou por meio de palavras faladas, como em uma apresentação oral ou multimídia com áudio a ajudas visuais.

Não inclua nenhuma informação que não seja relevante para o seu tópico e não inclua informações que você não entende. Certifique-se de que as informações que você anotou sejam cuidadosamente registradas e, com suas próprias palavras, se possível. O plágio está definitivamente fora de questão. Documente todas as idéias emprestadas ou citações usadas com muita precisão. Ao organizar suas anotações, anote as informações bibliográficas detalhadas de cada parágrafo citado e deixe-as prontas para serem transferidas para a página Citação de Trabalhos.

Crie seu próprio método para organizar suas anotações. Um método pode ser marcar com uma tinta de cor diferente ou usar códigos para identificar seções em seu esquema, por exemplo, IA3b – o que significa que o item “Acessando WWW” pertence ao seguinte local do esboço:

I. Compreender a Internet
A. O que é a Internet?
3. Como “navegar na internet”
b. Acessando a WWW

Agrupe suas anotações seguindo os códigos de contorno que você atribuiu às suas anotações, por exemplo, IA2, IA3, IA4, etc. Esse método permitirá que você coloque rapidamente todos os seus recursos no lugar certo enquanto organiza suas anotações de acordo com seu esboço.

Passo 6: Escrevendo seu projeto

Comece com o primeiro tópico em seu esboço. Leia todas as notas relevantes que você coletou e que foram marcadas, por exemplo, com o capital numeral romano I.

Resuma, parafraseie ou cite diretamente para cada ideia que você planeja usar em sua redação. Use uma técnica adequada para você, por exemplo escreva resumos, paráfrases ou citações em cartões de nota ou folhas separadas de papel pautado. Marque cada cartão ou folha de papel claramente com o seu código de contorno ou referência, por exemplo, IB2a ou IIC, etc.

Coloque todos os seus cartões de anotações ou papel na ordem do seu esboço, por exemplo IA, IB, IC. Se estiver usando um processador de texto, crie nomes de arquivos significativos que correspondam aos seus códigos de estrutura de tópicos para facilitar o recorte e a colagem enquanto você digita o documento final, por exemplo, corte primeiro parágrafo de Introdução e cole-o em IA. Antes que você perceba, você tem um termo bem organizado preenchido exatamente como descrito.

Se for útil para você, use um símbolo como “#” para marcar o ponto onde você gostaria de voltar mais tarde para editar um parágrafo. O símbolo incomum facilitará a localização exata do local. Exclua o símbolo quando a edição estiver concluída.

Passo 7: Revisão do esboço e projeto

Leia o seu artigo para quaisquer erros de conteúdo. Verifique os fatos e números. Organize e reorganize ideias para seguir o seu esboço. Reorganize o seu esboço, se necessário, mas mantenha sempre o propósito do seu papel e dos seus leitores em mente. Use um verificador gratuito de gramática e leitura de prova, como o Grammarly.

Primeira verificação:

  1. Minha declaração de tese é concisa e clara?
  2. Eu segui meu esboço? Eu perdi alguma coisa?
  3.  Meus argumentos são apresentados em uma sequência lógica?
  4. Todas as fontes foram devidamente citadas para garantir que não estou plagiando?
  5. Eu provei minha tese com fortes argumentos de apoio?
  6. Fiz minhas intenções e pontos claros no ensaio?

Releia seu artigo para erros gramaticais. Use um dicionário ou um dicionário de sinônimos, conforme necessário. Faça uma verificação ortográfica. Corrija todos os erros que você pode identificar e melhore a qualidade geral do papel com o melhor de sua capacidade. Peça a alguém para ler. Às vezes, um segundo par de olhos pode ver erros que você perdeu.

Segunda verificação:

  1. Comecei cada parágrafo com uma frase apropriada?
  2. Eu apoiei meus argumentos com provas documentadas ou exemplos?
  3. Qualquer sentença corrida ou inacabada?
  4. Quaisquer palavras desnecessárias ou repetitivas?
  5. Comprimentos variados de sentenças?
  6. Um parágrafo ou ideia flui suavemente para o próximo?
  7. Quaisquer erros ortográficos ou gramaticais?
  8. Citações precisas em fonte, ortografia e pontuação?
  9. Todas as minhas citações estão corretas e no formato correto?
  10. Evitei usar contrações ou gírias de internet? Usar vc ao invés de você, por exemplo?
  11. Eu usei a terceira pessoa tanto quanto possível? Evite usar frases como “eu acho”, “suponho”, “acredito”
  12. Deixei meus pontos claros e interessantes, mas permaneci objetivos?
  13. Deixei uma sensação de conclusão para o (s) meu (s) leitor (es) no final do artigo?

Há também um estilo de formatação específico que você deve seguir. Depende do campo de seus estudos ou dos requisitos da sua universidade/supervisor. No Brasil, geralmente são usadas as normas ABNT. Porém, muitas instituições seguem regras próprias ou de órgãos independentes. Você deve necessariamente perguntar ao seu instrutor qual estilo de formatação é necessário para o seu artigo e formatá-lo antes de enviá-lo.

Passo 8: O artigo científico final

Todos os relatórios formais ou ensaios devem ser datilografados e impressos, de preferência em uma impressora de boa qualidade.

Leia a folha de tarefas novamente para ter certeza de que você entende completamente o que se espera de você e que sua redação atende aos requisitos especificados pelo professor. Saiba como o seu ensaio será avaliado.

Revise o papel final com cuidado para ortografia, pontuação, palavras ausentes ou duplicadas. Faça o esforço para garantir que o seu trabalho final seja limpo, arrumado, arrumado e atraente.

Apontar para ter seu papel final pronto um dia ou dois antes do prazo. Isso lhe dá paz de espírito e uma chance de triplicar o cheque. Antes de entregar sua tarefa para marcação, pergunte-se: “É o MELHOR que eu posso fazer?”

Se você sente alguma dificuldade em escrever um artigo de pesquisa, estamos sempre prontos para ajudar! Use os comentários abaixo para solicitar nossa ajuda!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)